Blog da Camed
Em: 03/12/2021

Segundo dados do Censo de 2010, o Brasil possui mais de 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, o que representa 24% da população. Deste total, mais de 13 milhões são pessoas com deficiência física – aquelas que possuem alguma perda em sua formação de natureza fisiológica ou anatômica que atrapalhe o desenvolvimento de algumas atividades.
 
Muitos foram os avanços para o grupo nos últimos anos por meio da criação de normas, decretos e leis, como as regulamentações de artigos da Lei Brasileira de Inclusão – LBI, que dispõe, entre outros, sobre a obrigatoriedade de acessibilidade em hotéis, pousadas e similares; assentos preferenciais e espaços livres para pessoas com deficiência nos cinemas, teatros, casas de shows e estádios; a construção de unidades habitacionais com unidades adaptáveis, entre outros. Outra conquista a ser comemorada é a autorização de saque do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço – FGTS para aquisição de próteses e órteses.
 
Neste sentido, como um dos princípios básicos dos Direitos Humanos, a acessibilidade se insere no contexto mais amplo da promoção da igualdade. Partindo dessa constatação, é fundamental que tenhamos empatia e, sobretudo, respeito pela deficiência do outro.
 
 
 
COMPARTILHE:
Sobre Cookies Neste Site
Usamos cookies e tecnologias semelhantes para identificar suas visitas e preferências, de modo a garantir a eficácia das nossas ações de marketing e melhorar a sua experiência em nosso site. Para configurar e/ou obter mais informações sobre cookies, consulte nossa Política de Privacidade. Ao clicar em "eu aceito" neste banner ou ao utilizar nosso site, você concorda com o uso de cookies.